FEMAMA vence edital da UICC para seguir projeto com projeto de testagem genética e genômica no SUS

Como parte de seu Programa de Câncer de Mama, a UICC está apoiando quatro projetos de advocacy, educação de profissionais de saúde e navegação do paciente para melhorar a detecção precoce e o diagnóstico oportuno de câncer de mama em países em desenvolvimento com bolsos de 20 mil dólares cada.

No ano passado, cerca de 120 indivíduos de 25 organizações em 20 países de países em desenvolvimento foram selecionados para participar do Projeto ECHO® de 2020-2021 para Resumos de Conhecimento para o Controle Abrangente do Câncer de Mama, um curso de seis meses que decorreu de novembro de 2020 a maio 2021 para aumentar a capacidade das organizações participantes de desenvolver e implementar políticas e programas fortes de controle do câncer de mama em sua região.

A fim de colocar em prática o aprendizado e as habilidades adquiridas e implementar seus respectivos projetos, 15 das 25 organizações enviaram uma solicitação para receber uma bolsa de acompanhamento de US$ 20.000 como parte do Programa de Câncer de Mama da UICC.

Após um amplo processo de seleção, e marcando o Mês da Conscientização sobre o Câncer de Mama neste mês de outubro, a UICC tem anunciou oficial os quatro beneficiários e seus projetos:

  • Parceria Botswana-Rutgers para a Saúde: Demonstração de um caminho escalonável de cuidados com a saúde da mama.

  • FEMAMA, Brasil: Expandindo o acesso a testes genéticos e genômicos em câncer no Brasil.

  • King Hussein Cancer Foundation, Jordânia: Advocacy para o fornecimento de serviços gratuitos de detecção precoce.

  • Instituto Internacional do Câncer, Quênia: Educação e treinamento de profissionais de saúde de primeira linha para melhorar a detecção precoce do câncer de mama

Cada um dos projetos selecionados oferece uma estratégia diferente para detectar e diagnosticar o câncer de mama mais cedo e mais rápido para populações desfavorecidas ou de difícil acesso.

FEMAMA: Melhorando a equidade no tratamento do câncer com maior acesso a testes genéticos e genômicos no Brasil

A FEMAMA defende em nível nacional para aumentar o acesso a medicamentos, tratamento e cuidados para pacientes com câncer de mama. A organização também realiza campanhas de conscientização sobre fatores de risco, vida saudável e a importância da prática do autoconhecimento e dos exames de rastreamento, para detectar precocemente o câncer de mama.

O projeto da FEMAMA visa conceder acesso a exames genéticos hereditários e genômicos tumorais para câncer de mama e de ovário no Sistema Único de Saúde (SUS). Isso significa detectar e tratar o câncer mais precocemente, além de um melhor prognóstico para a paciente, permitindo que mais mulheres se beneficiem de um atendimento personalizado, melhorando as chances de sobrevida e maior qualidade de vida. A FEMAMA continua construindo um legado de vitórias na defesa de direitos e está pressionando pela adoção de um projeto de lei pelo Congresso Nacional para conceder acesso a testes genéticos e genômicos até o final de 2022.

“Se um dia imaginarmos uma sociedade onde todos sejam tratados com igualdade, devemos abordar com urgência os determinantes sociais da saúde. Se queremos um mundo onde haja justiça, temos que sentar, discutir e enfrentar o elefante na sala. Não é justo que continuem morrendo pessoas de tipos de câncer que podem ser prevenidos e curados. O projeto da FEMAMA visa garantir o acesso ao diagnóstico oportuno e ao tratamento adequado com testes genéticos e genômicos para quem não os tem”, comenta a Dra. Maira Caleffi, Presidente Voluntária FEMAMA.

Com informações de UICC, 22/10/2021

Notícia publicada pela FEMAMA – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama, em 22 de outubro de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *