Converse com seu Médico sobre Câncer de Próstata

Equipe Oncoguia – Data de cadastro: 28/05/2015 – Data de atualização: 25/06/2020

Preparamos um roteiro de perguntas que podem lhe orientar numa conversa com seu médico. Alguns pontos são muito importantes e não devem ser deixados de lado:

No diagnóstico

  • Quais são as chances da doença se disseminar? Em caso afirmativo, ainda será curável?
  • Você recomenda mais algum exame? Se sim, qual?
  • Qual é o estágio clínico e a pontuação de Gleason da minha doença? O que isso significa?
  • Qual o estadiamento da doença?

Antes do tratamento

  • Qual a probabilidade do tumor começar a provocar problemas se não iniciar o tratamento imediatamente?
  • Quais são as minhas opções de tratamento?
  • Devo considerar a vigilância ativa como uma opção? Por quê?
  • Você recomenda a prostatectomia radical ou radioterapia? Por quê?
  • Quais são as chances da doença ter se disseminado para outros órgãos? Se isso aconteceu, qual o tratamento que deve ser feito?
  • Devo considerar a prostatectomia laparoscópica ou robótica?
  • Farei radioterapia antes ou após a cirurgia?
  • Que tipo de radioterapia é indicada para o meu caso?
  • Que outros tratamentos podem ser recomendados para meu caso? Por quê?
  • Entre os tratamentos propostos, quais são os riscos ou efeitos colaterais que podem surgir?
  • Quais são as chances de eu ter incontinência urinária ou impotência?
  • Quais são as chances de eu ter problemas urinários ou de intestino?
  • Existe chance de eu ficar estéril?
  • Quanto tempo dura o tratamento? Onde será realizado?
  • O tratamento afetará minhas atividades diárias?

Durante o tratamento

  • Como saberemos se o tratamento está respondendo?
  • Existe algo que eu possa fazer para gerenciar os efeitos colaterais?
  • Que sintomas ou efeitos colaterais devo informar imediatamente para você?
  • Como entro em contato com você a noite, feriados e fins de semana?
  • Preciso mudar a minha alimentação durante o tratamento?
  • Existe algum limite do que posso fazer?

Após o tratamento

  • Existe algum limite no que posso fazer?
  • Quais sintomas devo observar?
  • Devo seguir uma dieta especial?
  • Que tipo de acompanhamento será necessário após o tratamento?
  • Com que frequência precisarei realizar exames de laboratório e de imagem após o tratamento?
  • Quais são as chances de uma recidiva da doença? Se isso acontecer, qual seria a conduta?
  • Onde posso encontrar mais informações e apoio?

É muito importante perguntar e esclarecer todas suas dúvidas, a informação é um direito seu!

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 01/08/2019, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Conteúdo disponibilizado pelo Instituto Oncoguia, em 25 de junho de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *