Comissão debate detecção precoce do câncer de mama no SUS

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados debate nesta sexta-feira (3) o incentivo à detecção precoce do câncer de mama no SUS. O debate atende a requerimento dos deputados Tereza Nelma (PSDB-AL) e Dr. Frederico (Patriota-MG).

O debate será realizado no plenário 5, às 9h30, e poderá ser acompanhado de forma virtual e interativa pelo e-Democracia.

Segundo os deputados, a Organização Mundial da Saúde (OMS) informa que os procedimentos eletivos, incluindo o rastreamento de câncer, foram suspensos em 41% dos países pela necessidade de priorização das urgências e redução do risco de disseminação do novo coronavírus nos serviços de saúde.

“Num contexto alta demanda reprimida, de diagnósticos tardios, desigualdade de acesso na saúde pública e de necessidade de efetividade das políticas públicas, houve por bem o Grupo de Trabalho Desafios da Oncologia no Brasil acompanhar a execução de portaria do Ministério da Saúde que trata de ações de prevenção, detecção precoce e controle de câncer durante a pandemia, no SUS”, afirma Tereza Nelma.

Foram convidados representantes dos seguintes órgãos:
– Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASS), Carlos Lula;
– Oncoguia, Luciana Holtz;
– Ministério da Saúde, Maira Batista Botelho;
– Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama – (Femama), Maria Cristina Sanches Amorim;
– Instituto Lado a Lado, Marlene Oliveira;
– Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), Max Mano; e
– Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Hisham Hamida.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Notícia divulgada pela FEMAMA – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama, em 02 de setembro de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *